Análise: High School DxD BorN - Ep. 11



Mais uma vez, em parceria com Iury Kozlowsky, agora o Portal AMLN trás a análise do episódio 11 de DxD BorN.
Semana passada tivemos a análise do episódio 10 (que você pode conferir aqui) feita por Iury, e hoje, mais uma vez, temos uma nova análise.
Mas daí você, leitor, se pergunta: "Quem diabos é Iury?!". Iury é um leitor da tradução de DxD que fazemos no site (vocês já devem ter visto ele comentando aí) e um fã de DxD que tem feito algumas análises dos episódios. Ao conversar com ele, decidi trazer esse conteúdo.

Para dar início, temos a análise feita por ele do episódio 11. Sendo assim, boa leitura.

Episódio 11:


De início gostaria de esclarecer algumas coisas, principalmente sobre a “onda de revoltas da terceira temporada”. Grande parte dos que acompanhavam apenas o anime, mal faziam ideia (muitos ainda não sabem) do que está acontecendo, e pela falta de “explicações concretas”, acabaram tirando conclusões erradas.

Por incrível que pareça, existem pessoas que gostaram do rumo do anime, e isso não deveria ser surpresa para ninguém. Era evidente que a maioria do público gostaria da adaptação, tanto o ocidental como o oriental, caso contrário, não haveria tais mudanças. E não há necessidade de discutir e muito menos brigar com quem gostou por causa disso, é a opinião delas. Acredito que, se elas pensam assim, é porque não leram a light novel, na verdade é exatamente por isso. Se alguém leu a light novel e preferiu a versão do anime... bom, essa pessoa precisa ser internada.

Enfim, da mesma forma que não podemos “atacar” essa galerinha, eles não tem direito ALGUM de argumentar sobre a nossa indignação em relação a essa temporada, e mesmo que tivessem, não citariam nada além do famoso “mimimi”. Engraçado porque, “mimimi” é quando alguém insiste em argumentar algo inválido e sem procedência, e isso é EXATAMENTE o que eles estão fazendo. Enquanto nos expressamos com argumentos concretos e plausíveis, eles não têm nada a dizer a não ser: |“eu gostei e prontooooo!! O anime é melhooor, fodaseee a históriaaaa!!!”|, o choro deles é o VERDADEIRO mimimi. Nós, leitores, éramos de todos, os mais ansiosos e animados, com as maiores expectativas. E mesmo depois de levar na cara, essa chuva de bosta do estúdio, que prefere atender os fanboys visando apenas a renda do projeto, ainda tem gente que acha que estamos “exagerando”? Sério mesmo?

Entendam também, que discutir difere de argumentar. Não tem nada de errado em comentar com um desses “fãs” sobre a existência da LN (e sobre sua evidente superioridade), mesmo que a maioria deles não aguente ler dois parágrafos sem dormir. Até porque, se eu não tivesse conhecido a LN na época da season 2, eu seria apenas mais um dos “alienados baba-ovo da TNK” agora. Não são todos que vão mudar de opinião quando lerem, afinal, cada um tem seu ponto de vista (por mais doentio que seja). Até mesmo um adulto de 30 anos pode chegar e escrever: |“Aah, ln de bostaa,o anime é melhoor! Vão se fudeeee!”| São 7 bilhões de pessoas em um planeta, então isso é possível, acreditem.

Falando da “treta” mais especificamente, como eu disse antes, muitos estavam entendendo errado, e relacionaram mais uma vez o Fanservice com o Ecchi. Eu ME RECUSO a mostrar novamente a diferença entre esses termos, vai aumentar o texto ainda mais, porém tenham em mente que uma coisa não necessariamente tem a ver com a outra, então discutir por isso da forma tão superficial só vai gerar mais discórdia e preconceito entre os tipos de “fãs”. (Se ainda assim não está claro, me refiro às diversas postagens do tipo: |“DxD cheio de fanservice, só tem peito nessa bosta, anime de merda, blablablabla.”| << Esse pessoal não são leitores da LN revoltados, são apenas haters, e DxD tem vários, então acostumem-se).

Bom, sobre o episódio 11. Como eu disse antes, continuarei assistindo para ver o que eles conseguiram salvar e/ou piorar, e esse... foi apenas mais um.

Não tenho muito que comentar, como eu disse antes, é apenas mais um filler, então citarei alguns momentos específicos, como quando o Azazel entrega o Fafnir para Asia. E você aí pensando que estavam adiantando as coisas, hahaha, adiantar é apelido. A novel cobre até o volume 7, sendo que deveria cobrir até o 6 como de costume, mas eles preferem dinheiro e “fanboy feliz”, então chegaram ao ponto de adiantar coisas MUITO além.

Depois Arthur leva o grupo da Rias para o Dimensional Gap e vai embora. Eles encontram com a Rias que está “possuída” e então ela os ataca. Aliás, essa Rias é MUITO ruim de mira, e parece que ela tem que “recarregar” antes de atirar de novo, impressionante como esse “loading” tem o mesmo período de intervalo para os diálogos. Quando ela finalmente ataca pra valer, Fafnir salva Akeno e Asia. Quem não leu a novel não faz ideia do que aconteceu, e a grande maioria está cagando pra isso também.

Quando a Rias começou a retomar a consciência, devido aos consolos de seus servos, a parte amaldiçoada da Scale Mail do Issei entrou em ação. Criou na Rias uma nova Scale Mail e então ela partiu pra porrada, e novamente nos vemos em outro diálogo entre Akeno e Issei, a Rias devia estar hibernando nesse período, não é possível. No final das contas, Issei decide lutar com ela, e todos caem no “vazio”. Não ficou claro o que aconteceu, o tempo limite pode ter se esgotado e eles voltaram ao mundo normal, ou simplesmente caíram no DG.

Como eu disse antes, esse episódio foi apenas mais um, um filler que ainda vai distorcer INÚMERAS partes ao longo da história. E apesar de tudo, ainda terá sua fama e renda, pois os fanboys aceitam qualquer, repito, QUALQUER coisa, desde que seja DxD. Se o Gasper matar o Great Red eles vão aplaudir e xingar os leitores da novel, infelizmente essa é a realidade em que vivemos.


Caso não se importem, curtam, compartilhem, comentem, opinem. Caso queiram também contribuir com o site, inscrevam-se para receberem notícias por e-mail e/ou cliquem na propaganda que abre no canto esquerdo. Caso não queiram fazer nada disso, é opção de vocês e eu entendo. :)